14 de janeiro de 2016

O rio que separa os amantes



Mais uma análise para adicionar no rol "coincidências sobre à lenda que deu origem ao festival Tanabata Matsuri, que envolve nosso querido Kurosaki Ichigo"! Na verdade existe mais algumas coincidências, entretanto pretendo torná-las publicas no seu devido tempo!



Antes de mais nada quero destacar uma coisa que não fiz antes!

O festival do Tanabata Matsuri é um dos maiores eventos festivos no Japão, ou seja de conhecimento geral! Tanto o festival como a própria lenda que se deu sua origem são extremamente populares!
Muitos sem dúvidas alguma devem recordar de cenas em animes, onde os personagens escrevem desejos e amarram em uma árvore (geralmente são bambuzais) esperando que tal desejo seja realizado. Esse costume nada mais é que parte integrante do evento que celebra o Tanabata Matsuri!


Mas o que isso quer dizer?

Como um dos maiores eventos do Japão, o Tanabata Matsuri não passa despercebido a ninguém. Todo mundo conhece o festival e tudo mundo conhece à lenda, e isso quer dizer que certamente  Kubo Tite a conhece, sem sombra de dúvidas.
Certa vez Kubo mencionou em uma das suas entrevistas que o nome de seus personagens têm um propósito/fundamento como poderemos reparar pelo protagonista. Por exemplo Kurosaki significa proteger (maior atributo de Ichigo). *Isso me faz dar risadas maléficas sobre a tradução de Renji Abarai*

O nome da nossa princesa certamente foi planejado, visto que o mangaká já usou Vega (estrela da princesa Orihime, protagonista da lenda Tanabata Matsuri) como sinônimo de Orihime.

É claro não preciso provar à vocês que verdadeiramente ele conhece o significado do nome da ruiva, pois como disse à lenda é de conhecimento geral no Japão, porém é bom destacar isso à vocês (e aos anti-Ichihimes que adoram bisbilhotar aqui).

Vamos lembrar as coincidências já conhecidas?

  • Existe um ditato feito especialmente para esse dia, considero ele um dos maiores fatos que comprovam que nosso querido casal vai ser cannon! O "Ichigo Ichie". O ditado é o seguinte (vocês podem encontrar o ditado dito de várias maneiras diferentes, porém ele vai seguir o mesmo contexto):
"Uma vez ", "uma reunião" um encontro que só acontece uma vez na vida , lembrando a valorizar cada momento, pois nunca se repetirá.

  • Orihime já foi chamada de Sol duas vezes, além disso Kubo faz diversas alusões de Orihime com o astro. Vega também é uma estrela e Masaki era dita como o Sol (estrela) de Isshin.

  • A data do aniversário de Ichigo coincide com a sequinte sequência lógica:
    15/07 (aniversário de Ichigo) 15+7= 21 que dividido por 7 dá três casas de 7/7/7

    Pode parecer meio estúpida essa conclusão, mas é emocionante e questionante, tantos fatos colidirem com uma mesma conclusão, por menor que elas representem.

    Mas o que mais acho curioso nessa história é que Ichigo faz aniversário uma semana depois do festival do Tanabata Matsuri, o dia que comemora-se o encontro das duas estrelas amantes.

  • A estrela Altair, amante da estrela Vega (que seria Orihime) faz parte da costelação de águia. E o que isso implica?  No capítulo 238 Ichigo descobre que Orihime supostamente se juntou aos seus inimigos, o que deixou o personagem extramente desolado. O capítulo intitulá-se "Águia sem Asas". Super sugestivo, vocês não acham?
    No filme Jigoku Hen, por conveniência Ichigo usava uma camiseta com o simbolo de Águia!
    Eu queria ter uma memória melhor, porém como ela é falha não lembrei de outro terceiro fato que encontrei no mangá, onde Ichigo foi ligado novamente à àguia! *Chora*

  • Em uma das arts de Kubo ele faz alusão de Ichigo com Altair, quando o personagem é desenhado na margem de um rio, com nuvens ao seu redor.
Vamos ao novo fato?!
Tal curiosidade na verdade tem haver com o último fato que mencionei e vocês entenderão o por quê.

Antes de mais nada, queria agradecer a minha cdc #Asiral responsável pela tradução da página! Foi ela que achou tal curiosidade via tumbrl que nada mais é do que um fato exposto no databook, feito por Kubo Tite!

Vamos lá!

Vamos ao seguinte trecho da lenda do festival do Tanabata Matsuri, para que vocês entendam o que quero constatar.

Início da lenda:

Orihime sentiu-se muito feliz. Há muito tempo desejava caminhar descalça em Amanogawa – o rio Celeste, conhecido no sul da margem oposta como Via Láctea, e divertiu sem preocupar. Até então não sobrava tempo para tamanha descontração.
A Princesa Tecelã, vestiu seu mais belo kimono e correu dançando por entre as estrelas do Rio Celeste. No meio da Via Láctea avistou, no meio da correnteza estelar, um belo jovem com chapéu de caipira, banhando um boi.

Trecho do fim da lenda


Trajando um lindo kimono, Orihime atravessa a ponte das Mil Garças e corre alegremente para a margem oposta ao encontro do seu amor. Altair, o fiel pastor de gado, que a aguarda ansiosamente.

Ambos se sentem radiantes por poderem ficar juntos durante um dia e uma noite. Dizem que um dia estelar equivale a uma eternidade terrestre. Por isso o amor dos dois é infinito.


Como puderam notar, fiz ênfase ao fato de Vega e Altair serem separados por um rio.


Vamos à tão esperada curiosidade!


Cada letra dessa representa uma localização. Ichigo vive no local A e Orihime no D.

































E finalmente...

Pasmem com esse fato! O lugar onde Ichigo e Orihime moram é separado por um rio!


































De tantas coincidências essa é sem dúvida uma das mais surpreendentes. Kubo não só fez questão de criar um Rio para cidade de Karakura, como fez questão de separar as localizações entre Ichigo e Orihime.
Notem que o local A segue uma linha perfeita até o número 8,  lugar específico onde Orihime mora! O que nos faz pensar que Kubo fez esse fato ser estrategicamente planejado.

Talvez esse fato que trago para vocês hoje pareça banal, mas se formos considerar que qualquer japonês que se preze, conheça a história por trás do festival do Tanabata Matsuri, nos depararemos com um fato de total relevância.
Kubo não só conhece (vemos isso pela alusão que ele faz ao nome de Orihime para Vega) como também tem conhecimento da estória, o que faz meus caros essa circunstância ser de extrema importância! Afinal porque tantas circunstâncias ligam Ichigo a Orihime, nesse sentido?

E essa foi mais uma dos tantos fatos que ligam à lenda do Tanabata Matsuri ao nosso querido protagonista Kurosaki Ichigo, vulgo futuro marido de Inoue Orihime :)

Comente com o Facebook: