22 de dezembro de 2015

Momento Ichihime, cena do capítulo 286



No Japão é quase uma regra não olhar nos olhos de outra pessoa. O contato visual é algo íntimo e também pode ser encarado como afronta, por duas pessoas do mesmo sexo.
Atualmente o japoneses têm tentando se livrar desse costume. Existem inclusive programas de ajuda, onde se amparam pessoas tímidas demais que não conseguem ter contato visual com outras pessoas.

É algo engraçado para nós que somos ocidentais, que carregamos características calorosos, compreender tais atitudes, mas verdade seja dita, japoneses prezam muito todos os gestos, principalmente os que estão na esfera do respeito. E é por isso que contato visual ainda é um tabu no país, pois em alguns casos é visto como desrespeito.

Não é incomum casais se beijarem somente depois de um bom tempo, mais longo ainda seria um contato físico mais íntimo entre eles, que geralmente ocorre depois do casamento.
Pensando nesses fatos chego a conclusão que o contato físico que Ichigo teve com a Orihime nessa cena não foi em vão. (Tiverem bem mais que esses, por acaso).



Sem ao menos notarem, Ichigo e Orihime passaram a compartilhar uma relação íntima que vai muito além da amizade. Gestos como o da imagem jamais passariam despercebidos aos japoneses, mas infelizmente a reciproca não foi igual aqui no ocidente.
O lindo momento de reencontro foi menosprezado, mas fatos são fatos, e contra eles não há argumentos. Orihime sem dúvidas é a personagem que mais compartilha essa intimidade de tato, ou como preferirem do toque com o Ruivo. Isto é comprovado! Tais momentos, próximos como os que Ichigo tem com Orihime são vistos como um envolvimento entre casais, seja na esfera fictícia, seja na esfera do mundo real.

A troca de contato físico que Ichigo compartilha com Orihime, embora seja injustamente ignorado ainda é significativo. Em todos os shounens, e não me digam que não se pode enquadrar Bleach nessa lista, pois a série demostra em muitos quesitos seguir a lógica de shounen, personagens que ficam com os protagonistas compartilham de tal contato. Diversos exemplos são assumidos nesse sentido, como foi visto em Yuyu Hakusho, Dragon Ball, Fullmetal Alchimist, Fairy Tail (os casais são presumidos) e Naruto.

Em Naruto embora Naruto tivesse esse tato com Sakura, salvando-a inúmeras vezes, jamais houve certo envolvimento no sentido romântico de ser. Sem contar que nessa época Naruto gostava da Sakura e nem mesmo seus sentimentos pareciam influênciar nas suas ações.

Com Ichigo é diferente, ele não só salva Orihime, como seus momentos são totalmente dedicados a eles dois. Há uma troca de olhares, sorrisos e perguntas primordiais que qualquer casal dispõem em sua totalidade dentro das obras ficcionais. Não somente esse momento foi dedicado a eles dois, mas muitos outros que futuramente irei comentar.

Se Ichigo realmente viesse a ficar com uma outra pessoa que não fosse Orihime, Kubo pecaria e muito no seu trabalho. Seria contradizer a ele mesmo. Vejam bem, tal intimidade entre Ichigo e Orihime não fica somente no campo da amizade, pois o envolvimento que eles tem é romantizado demais.
Prova disso é o apreço que ambos tem pela integridade física um do outro. Isso é tão repetitivo que não há como negar o envolvimento de ambos, notados até mesmo por terceiros. Sem mencionar que por diversas vezes Orihime acudiu Ichigo de maneira similar ao de uma companheira. Pode parecer insignificante, mas Orihime já tocou nas mãos de Ichigo por 3 vezes se formos considerar aquela cena filler onde Ichigo segura às mãos de Orihime, logo após seu encontro no Hueco Mundo (cena precedida desta da postagem). Qual outra mulher que não sua mãe foi capaz de tal proeza?
Se Ichigo realmente tivesse outra companheira, esta se sentiria desconfortável e extremamente incomodada com a maneira que Ichigo trata Orihime. Vocês leitores e leitoras não ficariam? Tão logo disso isso e já indago: Se certamente fosse um envolvimento do qual vocês ficariam incomodados e não me digam que não, posso assumir que esse tratamento entre ambos não é algo normal de amigos.

Por último, como teor de curiosidade: No Japão há uma certa comoção para o significado de segurar uma pessoa/dar as mãos a esta pessoa pelo lado direito, pois é visto como o lado que guarda e protege uma pessoa. Prova concreta e precisa é vista na cena onde Isshin segura Masaki (pelo lado direito).
Neste momento (cena da postagem) Ichigo segura Orihime pelo lado direito, mas se formos analizar essa não foi a primeira vez que isto ocorreu. Tanto na cena onde Orihime se despede de Ichigo (tanto a mão direita de Orihime quanto a de Ichigo se tocaram), quanto na cena filler no qual o Morango toca nas mãos da Ruiva.

No final das contas mais uma vez aquela velha pergunta surge. Por que promover tanto uma formação romântica que não se tornará real? Se formos invocar a razão nesses aspecto veremo que não há lógica para Kubo enfatizar tais cenas, simplesmente por enfatizar. Do contrário se ele não fosse pró-ichihime, certamente que o mangaká concorreria com cenas do Morango juntamente com outro personagem, em especial Rukia, mas isso não acontece, deixando os momentos entre Ichigo e Orihime ainda mais realçados e importantes.

Espero que tenham gostado. Essa é minha primeira postagem onde realmente focalizei na ideia "cenas comentadas". Eu fugi do assunto em alguns pontos, mas dessa forma consegui evidenciar ainda mais a importância dessa cena como um todo!





Comente com o Facebook: