17 de dezembro de 2015

Invocando a coerência



Como eu comecei a shippar Ichihime? A maioria deve pensar, “sendo a Aelin é claro que desde o início!”, porém não foi bem assim que as coisas aconteceram.
Iniciei Bleach pelo anime e uma das primeiras cenas que vi foi o chute no traseiro que a shinigami Rukia recebeu de Ichigo. Pronto, endeusei Rukia! Sim, minha personagem preferida no começo era ela e Ichigo. Então logo comecei a shippá-los. Foi algo que eu diria automático e pra falar a verdade foi a mesma situação que consolidou o gosto da maioria do fandom. Digo isso, pois já vi o relato de diversas pessoas do fandom, sempre com os mesmos motivos. Posso dar o exemplo de uma das minhas melhores amigas, Julia. Forcei ela a ver Bleach e a pessoa resolveu ser Ichiruki! Os motivos dela não preciso explicar muito. Ela botou o olho na baixinha, se apaixonando pela personagem, e então passou a shippar ela com o protagonista.

Verdade seja dita as pessoas têm mania de shippar os primeiros personagens vistos ou simplesmente os protagonistas desses, dentro de qualquer estória. Essa situação trata-se de algo psicológico muito abordado por diversas especialistas e filósofos. Devo mencionar sobre isso não somente o gosto de casais, mas a maneira como as pessoas passam a gostam de qualquer coisa atrelada ao estrelismo. Moda, música, literatura (pessoas que eu nunca vi lendo passaram a ler coisas como o livro da Kéfera, uma mulher que fez deboche sobre a situação lá em Paris) e assim vai uma longa lista a ser citada. É aquela velha história sobre as massas ignorantes.


Alguns pensamentos de grandes personalidades:
A ignorância dos pseudointelectuais faz com que eles sejam massa de manobra de tiranos que manipulam a maneira de pensar do povo através do racionalismo corruptível dos seus argumentos e da admiração do senso comum às rebuscadas palavras do "dito intelectual".
-Messias Figuerêdo

Deviam parar com a demagogia sobre as massas. As massas são rudes, sem preparação, ignorantes, perniciosas em suas reivindicações e influências. Não precisam de lisonjas, mas de instrução.
- Ralph Waldo Emerson

Quem seriam as ditas “massas ignorantes?” seriam e são pessoas que sem nenhum fundamento e argumento convincente são influenciadas para acreditar em algo ou gostar desse algo. As pessoas no geral são dessa forma. Enquanto a corrupção corre solta no país o velho “pão e circo” (pesquisem no google sobre o pão e circo) abafa o estrago.

A seguinte situação é real: A maioria dos Ichirukis passou a gostar do shippe por eles se tratarem de personagens protagonistas, incluindo nisso o mérito de serem mais carismáticos para o público em geral.

Continuando sobre o que falei do fator psicológico que nos influência a gostar do primordial e do protagonismo:

Eu shippáva Ichigo e Rukia, então me deparei com Orihime. A típica menina “moe” apaixonada pelo protagonista. Confesso que no início ela não me cativou. Sou dessas que para gostar de algo, esse algo precisa conquistar primeiro.  Pensei nela como outra “Hinata” personagem de Naruto (para quem não conhece o anime) que eu odiava.

Saindo um pouco fora do assunto:
Por que eu odiava Hinata? Diferente do que a maioria poderia pensar não era por causa de shippe, era sim porque eu considerava Sakura mais forte e várias pessoas vinham me contrariar favorizando Hinata. Isso se tornou tão maçante que passei a odiar Hinata com todo o meu coração (quem me conhece sabe disso). Mas por que eu discutia com o fandom da Hinata e este discutia comigo? Da minha parte porque eu não aceitava que Sakura fosse mais fraca e realmente ela não era, o que posteriormente foi reconhecido pelo fandom da princesa Hyuuga. Em contrapartida estes odiavam a Sakura, pois ela era uma ameaça ao shippe (me perdoem NaruHinas sensatos, mas como vocês devem imaginar, nem todo mundo é sensato).

Por odiar tanto a Hinata passei a shippar Sakura até com Naruto, mas verdadeiramente sempre soube que NaruHina seria cannon (era SasuSaku também, por isso essa situação não me afetou). Lógica de shounens é fácil de entender, a personagem feminina sempre é correspondida românticamente.
Quando o inevitável aconteceu e o fandom NaruHina foi vitorioso houve uma queda drástica contra os insultos direcionados a Sakura. Não demorou muito e basicamente todo o fandom da Hyuuga admitiu que Sakura era mais forte.

Conclusão sobre isso: Realmente algumas situações nos influenciam a imaginar coisas, pensar coisas e gostar de coisas. Uma estratégia muito usada por escritores é a criação de um passado triste e sofrido para um personagem. A verdade é que as pessoas gostam de passados tenebrosos e sofríveis.

Quem nunca viu um personagem que sofreu horrores, mas que na verdade era um príncipe de algum reino que lutará contra todos os inimigos e no final vai conquistar seu posto de direito? Até eu gosto! aliás, meu nick – Aelin – veio de uma personagem com essas características. Uma assassina que foi escravizada por um Rei que matou seus pais que era outros Reis de outros Reinos!

Meu ódio para com Hinata era meramente por causa da rivalidade que ela me representava. Depois que Naruto terminou e o fandom parou de provocar Sakura eu passei a gostar da Hinata, simples assim!
Continuando:
Como Orihime não me despertou o gosto no primeiro momento coloquei a personagem em escanteio e passei a focar no meu shippe (devo dizer que isso não demorou muito). Então a ruiva passou a me cativar desde o momento em que indo contra as normas “moes” lutou com o irmão. Logo depois disso, mais e mais passei a gostar dela e consequentemente da relação que desenvolveu com o meu até então personagem favorito Ichigo. Nesse momento inocentemente shippei Rukia e Ichigo, Ichigo e Orihime! Adorava as cenas em que eles interagiam! Mas para mim, Orihime passou a ser o par certo romanticamente para Ichigo. Vi nela o que faltava nele e vi nele o que faltava nela. Algo de mágico nasceu dessa relação! Às vezes penso que Ichigo vê Orihime à criança que ele foi, gentil, carinhosa e amorosa.
Para mim era óbvio o desfecho dessa estória, até que infelizmente entrei em contato com o fandom Ichiruki. Em prol do shippe humilharam, desmereceram e justificaram coisas inexistentes e desnecessárias! Passaram a vomitar coisas sem sentido algum. Isso me fez parar de shippar inocentemente Ichigo e Rukia e a criar um rivalismo com o fandom oposto.

Naquele tempo me perguntei, por que raios alguém acha que Ichigo e Rukia realmente ficarão juntos? Pois uma coisa é shippar, outra coisa é acreditar que seu shippe se tornará real. Minha pergunta foi respondida rápido. por mim mesma, vinda das minhas próprias experiências. Eu odiava Hinata, mas passei a gostar dela depois que ela ficou com Naruto, pois o fandom resolveu parar de criticar minha Rosada. Os sentimentos que eu tinha não passavam de algo psicológico.
Rukia tem uma personalidade forte, é uma guerreira e além disso possui grande presença em Bleach, quem melhor do que a estrela feminina para o protagonista de Bleach? Este por sua vez o que poderia pedir mais do que a presença forte de uma guerreira como Rukia? Eles se fechavam por serem os principais e primordiais, mas verdade seja questionada seus vinculos nunca foram concretos da maneira que um casal deveria ser.
Em shounens a regra básica para um casal é que pelo menos algum deles tenha seus sentimentos expostos, nem que seja nos bastidores destes. "eu amo ele ou eu amo ela, jamais foi dito". A formação Ichiruki é tão sem nexo que na maioria das análises do fandom, eles tentam provar a existencia de sentimentos por pelo menos uma das partes (ou de Ichigo ou de Rukia). Os sentimentos deles não são concretos, mas se de alguma forma fosse provado tais sentimentos, por pelo menos uma das partes, Ichiruki seria cannon! Pelo menos para os ichirukis... vejam bem, tanto os sentimentos de Rukia quanto os de Ichigo não são objetivos, porém é mais fácil acreditar que algum dia um deles acorde e resolva amar o outro do que acreditar na relação Ichihime, onde pelo menos uma das partes carrega sentimentos tangíveis.
Se em certo momento Rukia demostrasse que verdadeiramente ama Ichigo, validariam mais os sentimentos dela do que o das Orihime. Não há imparcialidade. Se Rukia amasse Ichigo, seus sentimentos seriam mais importantes e consequentemente os correspondidos, pois ela é a protagonista, não é mesmo? Nessa situação o certo seria colocar ambos os sentimentos no mesmo nível, onde ambas teriam as mesmas chances de ficar com o Morango, mas isso seria inviável e é por isso que as análises Ichirukis tentam provar os sentimentos de alguma das partes, pois para eles seria praticamente tornar cannon seu shippe provar que alguma das partes carrega sentimentos para com o outro.
Assim como eu odiava Hinata pelo fator psicológico, Ichigo e Rukia foram shippados por serem os protagonistas, o que criou algumas situações um tanto quanto justificadas pelo gosto pessoal, porém até mesmo os Ichirukis dispuseram-se de brechas, revelando talvez involuntáriamente seus sentimentos mais secretos. 
Darei alguns exemplos:

Essa é uma parte da análise de uma das moderados do "Bleach Project". Ela é Ichiruki assumida e reconhecida como uma grande entendedora de Bleach, seu posto não é atoa, não é mesmo?

"Mesmo quando Sakura declarou seu amor por Naruto, ela fez isso apenas fingindo para impedir que ele fizesse uma besteira e ele se sentiu ofendido e deu maior lição de moral nela. Mesmo esse NARUHINA que aconteceu tbm não convence e na minha opinião foi uma tentativa desesperada de formar algum casal para fechar compromisso com o mangá, mas se levarmos em consideração os 15 anos que a obra teve não teve muitos pontos significativos no relacionamento dos dois e ele sempre foi one-side love, então no nada no filme THE LAST, o Naruto repentinamente desperta todo seu lado masculino, seu hormônio testosterona, lembra de coisas sobre sua infância que nunca tinha lembrado antes e declara seu amor surgido do anal e beija a mocinha para fechar com chave de ouro um amor nascido do vácuo. Neste quesito Kubo trabalha muito melhor com romance, mas ele não faz nada meloso e deixa tudo nas entrelinhas, o que é interessante, pois não se focar na imagem romancista dos personagens faz com que seus leitores os vejam por outros olhos e admirem qualidades que não são cegadas por esse amor mais ocidentalizado que conhecemos, então acabamos conhecendo a cumplicidade, amizade, confiança, força, atitudes, personalidade e muitas outras características que engajar um relacionamento não permitiria mais fazer. A prova está nos diferentes casais que surgem em Bleach e seus respectivos fandons, pois nenhum casal é declarado na obra, mas nem por isso deixam de demonstrar sentimentos um pelo outro. Ichigo gosta da Orihime sim, só um cego não enxerga (eu sou Ichiruki e tô afirmando isso), mas eu não vi até hoje traços dele tratando-a como mulher da mesma maneira como trata a Rukia e se vc jogasse alguns games de Bleach e lesse algumas novels ia perceber que existe diferença no tratamento feminino a que ele se dirige à Rukia, não tem como negar!

Ela tenta provar depois disso que a relação do Ichigo e da Rukia é mais real, afirmando que as cenas de jogos a remetem a cumplicidade e proximidade dos dois. Não preciso dizer dizer muito sobre opiniões, mas cada um tem a suas. Eu não vejo como argumentos produções implícitas, fora do mangá.

Mais uma:
Eu estou chateada pelo fato de nunca mais ter tido uma cena significante deles. Não temos mais o anime para nos dar os belos fanservices e também não temos mais as cenas que teve na saga dos fullbringers. Eu achei a saga odiosa e desnecessária, mas cara, quanta coisa IchiRuki teve nela! Era despedida, despertar de poder, ending de anime, cenas do musical, cds e músicas, calendário, agora a gente NÃO TEM NADA! NADA, NADA, NADA! Tem ideia do quanto é ter um site e não ter quase novidades para por nele? O Sol Negro e Lua Branca está as moscas e não é por preguiça minha rs. Ultimamente não estamos tendo NADA. Sem filme, sem anime, sem cenas e nem os spreads promocionais da JUMP existem mais! Uma tristeza pra quem é fã, gosta de acompanhar, o que me deixou animada foi a bankai da Rukia, isso me animou a ter brilho nos olhos lendo o mangá, em contrapartida eu concordo com o último vídeo do Shonen Quest sobre BLEACH: não tem uma lógica bem construída dos fatos, EU QUERO SABER O QUE TÁ ACONTECENDO NO DIABO DO NINHO DO REI, EU NÃO QUERO SABER DOS IDIOTAS DOS ARRANKARS SECUNDÁRIOS LUTANDO COM UMA CRIADORA DE ZUMBIS!

Acredite quem quiser, este é o relato da criadora do blog Ichiruki mais famoso do Brasil. Eu simplemente fiquei estátizada por tais comentários. Ela mesma admite sem se dar conta que o shippe dela só possui envolvimento através de produções fillers. No final o que ela diz é inacreditável! Ela não está nem ai para os zumbis, o que quer ver é o casal Ichiruki nos fillers!
Não é porque Rukia e Ichigo compartilham uma história de romance que eles dois foram shippados, não. Até porque essa história é inverídica. O fandom Ichiruki passou a shippar essa formação por pura vaidade. Pois estes eram os protagonistas e brilhavam! de 100% 99% dos ichirukis em comentários relataram como passaram a shippar a dupla. Algum desses comentários que eu lembro de ter visto desde o orkut:
"Eu vi uma fanart deles e os amei a primeira vista".
"Adoro Rukia, ela é minha personagem favorita de todos os tempos e por isso ela merece ficar com Ichigo".
"Gostei deles a partir do momento que os vi, foi assim que passei a shippá-los".




O que é notável em tais relatos é o quanto são rasas e precípuas de estrelismo, nada ligado à lógica, e é por isso que o fandom passou a empoderar mais do que devia alguns argumentos superficiais e em contrapartida minimizar os problemas do seu shippe. Sem mencionar o quanto são apegados em desconstrução. A maior parte de suas análises são defeitos que colocam no shippe alheio.
Em muitas das páginas Ichirukis no facebook é comum encontrarmos jogos de zoação direcionados a Orihime, fanarts de Rukia matando Orihime e outras tantas barbaridades sem fundamento, que não precisam ser mencionadas.
Não sou falsa em dizer que não existe problema no meu fandom, pois estou aqui para defender meu shippe e não os membros dele, mas analisem uma coisa: Quando entrarem em uma página Ichihime dificilmente encontrarão os fãs da Ruiva zombando da baixinha, mas ao contrário...
Sem mencionar o escândalo que o fandom Ichiruki fez no twitter do Kubo.
Verdade seja dita, Ichirukis observadores de verdades, imparciais em seus argumentos não odeiam Orihime, pois está não é uma ameaça ao seu shippe, mas isso não é uma realidade muito presenciada.
Eu costumo ficar desgostosa antes mesmo de entrar uma página do fandom rival, pois dou de cara com zombarias o que me faz no primeiro momento inevitavelmente desconsiderar a opinião alheia.
  • Afinal porquê os Ichirukis não comentam sobre o porquê de Rukia não ir de encontro a Ichigo, seu salvador, no final da batalha deste com seu irmão? Ao invés disso ela foi acudir Byakuya, deixando Ichigo as traças, sendo curado por Orihime.

  • Por que eles não comentam sobre os motivos que levaram Ichigo e Rukia a ficarem separados por três vezes?

  • Por que eles não comentam que Ichigo foi sem Rukia ao Hueco Mundo, pois não confiava nela?

  • Por que não comentam o fato que Ichigo mal ligo para Rukia, quando ela estava toda machucada lutando contra Yammy, ocupando sua mente com o emocional de Orihime?

  • Por que não comentam a reação que Ichigo teve quando esse descobre que Rukia tinha morrido, mas diferente do esperado ele mal reagiu sobre isso, preferindo reagir com ódio a provocação de Ulquiorra?

  • Por que não falam sobre os motivos que levaram Rukia a esconder de Ichigo que o emblema do shinigami subtituto restringia seus poderes?

  • Por que não comentam sobre o derradeiro momento onde Ichigo ou Rukia confessam seus sentimentos?

  • Por que não comentam coisas, além dos argumentos sobre ela conceder poderes a ele?






A maioria do fandom Ichiruki justifica sua preferência por questões de gosto quando o certo seria pelas evidências mostradas no mangá, entretanto, como isso não é possivel, visto que Kubo nunca deu indicios de sentimentos românticos entre eles, o fandom passou a disseminar interpretações do tipo:

Orihime possui sentimentos imaturos ( ela é uma personagem de shounen, acordem! A personalidade dela nunca foi um problema do qual Kubo fez questão de evidenciar).

Rukia não visitou Ichigo nessas três vezes que se afastou dele, para conceder uma vida normal ao Ruivo.

Ichigo não quis que Rukia o acompanhasse até Hueco Mundo, pois não queria ela se metesse em problemas com a Soul Society.

O engraçado nisso é que em nenhum momento essas situações aconteceram no mangá, deve ser por isso que a maioria das análises do fandom busca não fazer suas postagens com cenas do mangá.

Não é por serem a maioria que os Ichirukis se tornarão cannon, isso é uma justificativa tola, da  mesma maneira que usar da maioria não os faz mais realistas sobre os acontecimentos de Bleach, visto que as massas em todas épocas do mundo foram ignorantes, pois a maioria de fato prefere o mais fácil e tocável do que aquilo passivo de análise e lógica.

os IchiRukis se apegam a justificativas bobas e fáceis de minimizar e isso só fará o choque de realidade ser espantosa no final. Quando isso acontecer, eles vão se perguntar "Aonde que teve provas Ichihimes nessa estória" quando na verdade a série inteira de Bleach foi construída para essa formação.

Comente com o Facebook: