30 de julho de 2015

Diferenças nos resgates, segunda parte



Antes de mais nada analisem às atitudes e o brilho no olhar do Ichigo. Sim, um brilho que vai além de preocupação, mas de êxtase pela batalha. Em todo momento ele parece estar mais feliz, do que desesperado para salvar a Rukia.


alguns capítulos depois o Ichigo destrói o local que se daria o fim da Rukia e a salva, segurando-a pela cintura. Notem que o olhar determinado não muda em nenhum instante.


Dois capítulos depois aparece o Renji. Uma das únicas pessoas que o Ichigo confia para proteger a Kuchiki naquele momento.






Da forma mais carinhosa possível, o Morango joga Rukia aos braços do Renji.























E é claro, ele a recebe da forma gentil com que o Ichigo jogou-a. 



















Depois digo, Ichigo pede pro Renji protegê-la e ele sai com ela nos braços.
Daí por diante acontece dezenas de coisas. Ichigo luta com o Byakuya e vence, fica ferido e a Hime o cura, depois tem toda a revelação do Aizen. Quando finalmente pode falar decentemente com a Rukia, ela diz que vai ficar na Soul Society e ao invés do Morango ficar bravo com isso, simplesmente aceita de sorriso aberto.


zcc
Há quem diga que nesse momento o Ichigo ficou muito triste pela decisão da Rukia, mas eu acho impossível interpretar às emoções, de um personagem fictício. Às feições mostradas, são o que de fato deve se levar em conta. Se fosse diferente disso, então o Tite teria desenhado outra coisa, ou simplesmente escrito os pensamentos do Ichigo.


Pré análise:Em todo a saga do resgate da Rukia, Ichigo se mostra quase sempre com esse olhar determinado e feliz de uma pessoa que quer lutar. Conhecendo o Morango sabemos que essa vontade louca de partir para briga é uma das grandes características do mesmo.
A vontade do Ichigo de proteger os amigos é constante, isso é de comum acordo, mas a forma com que ele reage a toda essa situação, sabendo que a Rukia corria risco de vida, não foi nem de perto desesperada.
Partindo para à análise do resgate da Orihime.
Antes de mais nada quero enfatizar que em nenhum momento a Orihime corria risco de vida. Ichigo sabia que ela foi até o Hueco Mundo por vontade própria e agora ela era aliada dos arrancars.







A primeira reação do Ichigo foi inesperada. Reagindo de uma forma completamente desesperada, surpreendendo até mesmo o Ukitake.









Reparem no olhar determinado dele. Olhar esse que se diferencia daquele que fazia no 
resgate da Kuchiki. Ao invés de sorrir, ele mostra esse semblante de raiva
.





Vamos agora pular alguns capítulos para o momento do encontro do Ichigo com o Ulquiorra...









Ichigo é avisado sobre a possível morte da Rukia.













Eles começam a conversar, nisso pulei 4 capítulos de diálogo, até...







Ichigo acaba não acreditando na morte da Rukia, então...

Nesse momento Ulquiorra provoca Ichigo, reagindo a isso, ele toma essa atitude...




Esquecendo a possível morte da Rukia, Ichigo se rende a provocação e começa a lutar.
Vocês conseguem se dar conta que ele escolheu cair numa provocação ao invés de acudir a Rukia, que poderia estar morta?

Análise:
Acho que depois de tudo isso, vocês devem ter notado todas essas diferenças que não foram pequenas.
O ponto alto da análise, é devidamente a comparação dos dois resgates. Ichigo se mostra animador no salvamento da Rukia, enquanto no da Orihime, ele parece sempre desesperado, Nem mesmo quando a Rukia estava sobe ameaça de morte no Hueco Mundo, ele deu a devida atenção, caindo facilmente em uma provocação.

Uma última comparação:



...Olhar do Ichigo  
ao saber que 
a Rukia foi morta




...E o olhar do ichigo ao cair na provocação do Ulquiorra, sendo que a Orihime nem estava sobre o risco de morte, pois a mesma estava ali por livre e espontânea vontade.

Comente com o Facebook: